Secretaria de Estado da Saúde
Portal do Governo
Mapa do Site

Hospital Dr. Dório Silva - Serra/ES
Centro de Tratamento de Queimados
Rotinas de Curativos

O Atendimento inicial ao paciente queimado definirá a necessidade de internação ou tratamento ambulatorial.

Atendimento Inicial:

  • Examinar condições gerais do paciente
  • Verificar a necessidade imediata de punção venosa (hidratação, sedação,analgesia )
  • Iniciar banho com água corrente e sabão neutro
  • História objetiva
  • Avaliar a necessidade de internação
  • Quantificar a superfície corporal queimada ( SCQ ), extenção e profundidade
  • Considerar os seguintes critérios para internação:

    • SCQ > ou = 20% em 2º grau - adulto
    • SCQ > ou = 10% em 2º grau - criança
    • SCQ > ou = 10% em 3º grau - adulto
    • SCQ > ou = 0,5% em 3º grau - criança
    • Suspeita queimadura de vias aéreas
    • Sitios corporeos especiais ( Face, Genitália, Mãos e Pés )
    • Queimaduras Circunferenciais (Risco de Compromentimento Circulatório )
    • Condições clínicas e sociais desfavoáaveis, associadas a queimadura

  • Pacientes que não necessitem de hospitalização

    • Banho e Curativo
    • Lavar com água corrente , sabão neutro, creme de sulfadiazina de prata a 1%
    • Em queimaduras de 2º e 3º graus (curativo oclusivo )
    • Em queimadura de 1º grau , não cobrir e orientar para o uso de compressas geladas
    • Até o desaparecimento de ardor/ dor locais
    • Retorno para tratamento ambulatorial

A Rotina do CTQ no ato da Internação para o Curativo de Pacientes Queimados Obedece Inicialmente:

  • Analgesia realizada pelo medico anestesista
  • Rompimento das bolhas e vesículas
  • Balneoterapia com agua corrente e sabão neutro , uso de sabão líquido degermante
  • Higienização do paciente
  • Curativo fechado com sulfadiazina de prata 1% , compressas e atadura de crepom

Após a Internação, o Curativo é realizado diariamente com o paciente em Jejum de 8 horas e consta basicamente de:

  • Analgesia realizada pelo médico anestesista
  • Abertura do curativo com água corrente
  • Limpeza das áreas queimadas com agua corrente , sabão neutro e sabão líquido degermante
  • Debridamento das áreas de necrose cutânea com lâmina de bisturi
  • Higienização do paciente
  • Curativo com sulfadiazina de prata a 1% , compressas e ataduras de crepom

OBS: Nas queimaduras de face deve ser utilizado colagenase

Na Necessidade de Enxerto o Curativo consta de:

  • Abertura do curativo , após 3 dias de oclusão , com água corrente e sob analgesia
  • Limpeza com água corrente
  • Higienização do paciente
  • Oclusão da área enxertada com gase vasilinada estéril e atadura de crepom
  • Oclusão da área doadora com pomada sulfadiazina de prata a 1% , compressa e atadura de crepom

Rotina para Curativo em Pacientes Ambulatoriais

1 - Queimaduras de 1º Grau

  • Banho com água corrente abundante e sabão neutro
  • Aplicar vasilina
  • Evitar exposição solar

2 - Queimadura de 2º Grau

  • Banho com água corrente abundante e sabão neutro
  • Ruptura de flictemas seguidas da lavagem com água corrente abundante
  • Currativo com sulfadiazina de prata a 1% em gazes e atadura para oclusão

3 - Queimadura de 3º Grau

  • Banho com água corrente abundante e sabão neutro
  • Limpeza da queimadura com retirada de necrose cutânea, se possível
  • Lavagem com água corrente e sabão neutro ou degermante
  • Curativo com sulfadiazina de prata a 1% em gazes e atadura para oclusão

Condutas Iniciais a Pacientes com Queimaduras Especiais tais como:

1 - Queimaduras elétricas:

  • Avaliação cardiológica precoce
  • Atentar para os riscos de lesões de estruturas profundas

2 - Queimaduras químicas:

  • Lavagem abundante com água corrente , durante pelo menos 30 minutos
  • Lesões por substância básica, nos olhos - irrigação continua ( mínimo de 08 horas )

3 - Queimaduras de vias aéreas e face:

  • Limpar as vias áreas superiores
  • Verificar / providenciar a permeabilidade das vias áreas
  • Pesquisar edema
  • Manter cabeceira elevada ( aproximadamente 30º graus )

4 - Queimadura de pálpebra e olhos:

  • Irrigação frequente com S.F. a 0,9% resfriado
  • Manter a região orbitária/palpebral coberta com compressas de gazes úmidas com S.F. a 0,9%
  • Receber orientação do oftalmologista

5 - Queimaduras circulares/circunferenciais:

  • Na presença de edema e sinais contrictivos, está indicada a escarotomia e a fasciotomia Liberação e afrouxamento dos tecidos, com a normalização circulatória

Mais informações pelo telefone (27) 3328-3611 ramal 212


Fonte de Dados:
Dr Heloisio Antonio de Souza
Enf. Marise Rebelo Bravo
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, 2025 - Bento Ferreira - CEP: 29050-625 - Vitória - ES - Tel: 27-3636-8300
©2014 Prodest, direitos reservados.